Café com Lorelai | Gilmore Girls e o Dia do Café

Do piloto ao “Um ano para recordar” da série Gilmore Girls, criada por Amy Sherman-Palladino, além da verborragia sarcástica, há algo que nos conforta em saber que a Lorelai continua sendo a mesma: o seu amor, que compartilho e – arrisco a dizer – com a mesma intensidade, por café! E olha que tenho para mim que Lorelai nunca experimentou o nosso café brasileiro, aí sim a sua paixão sem dúvida triplicaria. Então, hoje, dia 14 de abril, em comemoração ao Dia Mundial do Café, vamos aqui, eu e Lorelai, celebrar essa bebida das deusas.

O café, que tem origem na Etiópia, é a segunda bebida mais consumida do mundo, perdendo apenas para a água. Acho justo. Mas ainda prefiro a minha água filtrada com o pó do café.

O café é idolatrado por uns e demonizado por outros. Fico com os primeiros. E acredito piamente nos seus benefícios para o corpo e alma. A bebida pode acelerar o metabolismo, melhorar a concentração e estimular a memória. Alguns estudos avançam ainda mais nessas consequências positivas. Segundo matéria da Galileu: o consumo de café pode retardar os sintomas do Alzheimer, diminuir os riscos de doenças como diabetes tipo 2 (acrescento: sem açúcar, ok?!), depressão em mulheres e Parkinson. Além, ainda, de o café incluir antioxidantes, que protegem o corpo dos malefícios de radicais livres.

Para a alma, bem, quem ama sabe: nada como aquela primeira xícara de café da manhã. Parece que o mundo pára. Junto com a bebida quentinha, vem uma fé na positividade do dia. Experimente esse momento, você e seu café. Mas essa é só umas das cenas diárias possíveis. Tem o café pós almoço, que é necessário. O do meio da tarde, para dar aquela espantada nas dúvidas e tristezas que possam aparecer. Sem dúvida, há aqueles momentos especiais que conseguimos dividir o café com amigas e amigos. E, claro, há também as situações em que você precisa do café para conseguir terminar um trabalho, um texto ou encarar uma prova! São muitas as possibilidades.

Lorelai é mãe solo da melhor filha, que tem o seu mesmo nome, mas a conhecemos como Rory! Sobre Rory e seus namorados, já escrevemos aqui. Lorelai engravidou aos 16 anos do namoradinho rico. E resolveu abandonar o conforto de sua família para seguir seus próprios passos. Na cidade de Stars Hollow, começa a trabalhar em um hotel e, no futuro, consegue realizar o seu sonho de ser a proprietária da sua pousada. A relação mãe-filha mais acompanhada nos seriados de TV, de perfeita, passa a perfeitamente imperfeita. Elas vivem idas e vindas e quando param de se falar, deixa uma dor em todos os espectadores. Mas compreendemos que faz parte do crescimento, essa negação necessária, essa autoafirmação. Sobre as voltas que elas dão, vocês já conhecem, e são pautas para textos futuros. Agora, só posso pensar que: quem aguentaria tantas emoções se não tivessem umas xícaras de café por perto? Esperta Lorelai!

Apenas no piloto da série, já conseguimos observar o nosso querido café quase como um personagem, ligando as cenas e nos permitindo entender quem é Lorelai Gilmore.

Conhecemos Lorelai, no piloto da série Gilmore Girls, no Luke’s Diner, entrando desesperada por sua dose diária (doses diárias, no plural, melhor dizendo) de café! Essa dinâmica acompanhará nossa personagem de Stars Hollow por todos os episódios e temporadas.

Em outro momento, em visita a casa da mãe, há uma referência essencial para os amantes de café: chá não tem o mesmo efeito – nem gosto – da nossa bebida favorita. Percebemos também a diferença entre Emily e Lorelai, pela simples escolha da bebida. E por tantas outras situações, não tão sutis como essa.

O café marca diferenças, mas, então, ele também aparece para expressar o vínculo de amor, cuidado e respeito entre mãe e filha. Café como forma de dizer: eu te amo! Totalmente compreensível.

Lorelai, que havia cortado os vínculos com seus ricos pais, após ter ficado grávida na adolescência, volta a ter contato com a sua família – o que, na verdade, é uma contrapartida para a ajuda financeira que receberá para pagar a escola particular da inteligente filha.

Após o primeiro jantar semanal, que é a sua parte do acordo, Lorelai sente-se humilhada pelos pais. “Me sinto menor. Eu pareço menor?”, pergunta para a filha. E, em resposta, Rory oferece um acalento:

E se tem algo que nos orgulha de pensar em Lorelai e Rory Gilmore, é a admiração e respeito que uma tem pela outra. Claro que na vida nada é constante, é feita de ciclos, ainda mais uma relação tão intensa de mãe e filha, aprendendo, cada uma, a ser e a viver a sua vida.

Saindo da casa dos pais, Lorelai e Rory vão ao aconchego do Luke’s Diner – tomar café e comer batata frita. Voltam a se sentir em casa. Voltam a conversar, a se olhar nos olhos e a reafirmar o orgulho que sentem em ser parecidas.

Essa conversa fica por aqui, mas bem que podia seguir por muitas e muitas temporadas. Um brinde à Lorelai e ao café!

Continua…

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s