Cena do filme "Café com Canela".

50 ANOS DO FESTIVAL DE BRASÍLIA E O CINEMA DE MULHERES

Foi divulgada nesta semana a lista com os 21 filmes selecionados para as mostras competitivas do 50º Festival de Brasília do Cinema Brasileiro, que acontece entre os dias 15 e 24 de setembro, no Cine Brasília. De acordo com a organização do evento, esta edição recebeu 778 inscritos na Mostra Competitiva, sendo 608 curtas-metragens e 179 longas. Dos 21 filmes selecionados para as mostras competitivas … Continue reading 50 ANOS DO FESTIVAL DE BRASÍLIA E O CINEMA DE MULHERES

DIVINAS DIVAS: A LIBERDADE DE SER QUEM VOCÊ É

Leandra Leal praticamente nasceu no teatro. Filha de atriz e neta de produtor cultural, ela representa a terceira geração de artistas. Sua família é dona do teatro Rival, no Rio de Janeiro, e ela cresceu brincando em seus bastidores e camarins, tendo contato com os artistas e aprendendo com eles. Foi lá que ela conheceu as divas Rogéria, Jane Di Castro, Divina Valéria, Camille K, … Continue reading DIVINAS DIVAS: A LIBERDADE DE SER QUEM VOCÊ É

OS LANÇAMENTOS DE 2017 E O CINEMA DE MULHERES

O portal Adoro Cinema divulgou no começo do mês de janeiro um calendário com as datas previstas para lançamento dos filmes nacionais em 2017. Segundo o site, até dezembro serão lançadas 48 obras brasileiras, entre animações, documentários e ficções. Teremos filmes de terror, drama, comédia e romance. Alguns filmes “mainstream”, outros de baixo orçamento e independentes, alguns com diretores famosos e outros desconhecidos. Apesar da … Continue reading OS LANÇAMENTOS DE 2017 E O CINEMA DE MULHERES

Imagem do filme "Clandestinas"

FICÇÃO E REALIDADE? O ABORTO NA COMÉDIA ROMÂNTICA E NO DOCUMENTÁRIO

É interessante questionar até que ponto aquele comentário da “ficção imitando a realidade” é válido. Principalmente quando se tem o debate filosófico do que é a realidade e também de que, nem sempre, o documentário pode ser equivalente a um recorte de realidade. Mas bem, o propósito do texto não é questionar a relação entre ficção e realidade e sim envolver esses dois planos, que … Continue reading FICÇÃO E REALIDADE? O ABORTO NA COMÉDIA ROMÂNTICA E NO DOCUMENTÁRIO

MOSTRA DE CINEMA DE TIRADENTES EXIBE 41 FILMES COM MULHERES NA DIREÇÃO

A 20ª edição da Mostra de Cinema de Tiradentes, que começa amanhã, 20, e segue até o dia 28 de janeiro, na cidade histórica mineira, exibirá um total de 107 filmes ao longo de sua programação: 33 longas, 2 médias e 72 curtas-metragens. Destes 107 filmes, 41 contam com mulheres na direção, aproximadamente 38% (16 longas e 25 curtas-metragens). De acordo com a produção do … Continue reading MOSTRA DE CINEMA DE TIRADENTES EXIBE 41 FILMES COM MULHERES NA DIREÇÃO

CINEMA DE MULHERES EM 2015 NO BRASIL

De acordo com relatório do Observatório Brasileiro do Cinema e do Audiovisual – OCA, 446 longas-metragens foram lançados em salas de cinema, no período de 01 de janeiro de 2015 a 06 de janeiro de 2016, sendo 133 nacionais. Dentre esses, apenas 27 apresentam mulheres na direção, ou seja, 20,3% dos filmes nacionais. Loucas para casar, de Júlia Rezende, teve a 10ª maior bilheteria da … Continue reading CINEMA DE MULHERES EM 2015 NO BRASIL

Cartaz do filme "O começo da vida"

CINEMA DE MULHERES NA NETFLIX

A Netflix vem surpreendendo o público positivamente com a disponibilização de um catálogo de filmes e séries cada vez mais variados e que apontam para uma lacuna histórica de diversidade e de representatividade no audiovisual. Isso ocorre especialmente com as produções originais da empresa, que inclusive lançou recentemente a primeira série brasileira – 3%. Infelizmente, essa tendência de diversidade da plataforma ainda não alcançou o … Continue reading CINEMA DE MULHERES NA NETFLIX

O CORPO É MEU: UM RELATO DE EXPERIÊNCIA AO ASSISTIR AO FILME PARA ALÉM DOS SEIOS

O filme Para além dos seios, dirigido por Adriano Big, teve pré-estreia em Brasília no domingo, dia 4 de dezembro. A capa do filme já nos chama para questionar a imediata ligação entre os seios e a sexualização. Um pequeno relato do diretor antes de sessão indica que o filme foi realizado de forma independente. A sessão começa, luzes se apagam e já se tem … Continue reading O CORPO É MEU: UM RELATO DE EXPERIÊNCIA AO ASSISTIR AO FILME PARA ALÉM DOS SEIOS