Cena do filme "Pele de Pássaro", de Clara Peltier.

CURTA BRASÍLIA E O CINEMA DE MULHERES

Nesta quinta-feira, dia 15, começa a 5ª edição do Curta Brasília – Festival Internacional de Curta-Metragem. O festival, que acontece no Cine Brasília, segue até o dia 18, sempre com entrada gratuita.  

O Festival promove o cinema de mulheres, com a realização do debate “Cinema em gênero, número e grau”, que acontece no próximo sábado, dia 17, às 10h30. Participam da discussão, que tem na pauta “mulher, política e sétima arte”, Maeve Jinkings, Anna Muylaert, Vera Egito e Ana Arruda, na mediação do encontro. A entrada é aberta ao público.

De acordo com a produção, foram 850 projetos apresentados neste ano, vindos de todas as regiões brasileiras, representando 25 estados. Foram selecionados 31 projetos para a Mostra Competitiva e 15 produções integram a Mostra Decibéis de Videoclipes.

Separamos aqui os filmes e videoclipes que contam com mulheres na direção.

Selecionados para a Mostra Competitiva de Curta-Metragem:

Direção: Eva Randolph. Ficção, 21 min, livre

Com Vivian Yang, Pedro Li, Lin Mohsi, Ana Fu, Cecilia Li, Fabiana Pan, Mei Wu e Roberto Sun.

No Rio de Janeiro, Hua e Ayon, um casal de primos chineses, apaixona-se secretamente. Até o dia em que Ayon recebe uma passagem de volta. As ruas da Tijuca se transformam para o ano novo chinês enquanto o Rio de Janeiro se prepara para as Olimpíadas.

Direção: Camilla Shinoda. Documentário, 24 min, livre

Com João Campos e Marcela Felipe.

Uma carta ficcional proporciona um encontro real. João, um ator brasiliense, convida Marcela, uma garota pernambucana que não é atriz, para conhecer Brasília. A visita será guiada por um roteiro afetivo de lugares importantes para a vivência real do ator na cidade em que nasceu. A construção de intimidade entre o casal de desconhecidos é acompanhada pela equipe.

Direção: Clara Peltier. Documentário, 20 min, livre

Com Tuane Rocha e Jennifer Rocha

Tuane veste uma fantasia para enfrentar a realidade.

Direção: Gabi Saegesser. Documentário, 13 min, livre

Luz sobre mistério.

Direção: Daniella Cronemberger. Documentário, 24 min, 10 anos

Com Marilia Serra e Vanessa Bhering.

Vanessa e Marília formam uma família há 13 anos e são mães de três meninos. O cotidiano é cheio de obrigações e as mães precisam dividir as tarefas. Entre um piquenique com amigos e a festa junina da escola, a família é obrigada a enfrentar ameaças externas. Seus direitos civis correm perigo.

Direção: Cainan Baladez e Fernanda Chicolet. Ficção, 17 min, 12 anos

Com Fernanda Chicolet, Vinícius de Oliveira, Henrique Schafer, Júlia Araújo, Angelo Defanti.

Demônia é um ser endiabrado. Ou uma mulher má.

  • Buscando Helena (RJ) 2016

Direção: Roberto Berliner e Ana Amélia Macedo. Documentário, 21 min, livre

Roberto e Ana Amélia recebem a notícia de que sua filha os espera. Acompanhamos a extraordinária viagem deles até o juizado de menores para trazer Helena para casa.

Direção: Yasmin Thayná. Documentário, 23 min, livre

Um olhar sensível sobre a experiência do racismo vivido cotidianamente por mulheres negras. A descoberta de uma força ancestral que emerge de seus cabelos crespos transcendendo o embranquecimento. Um exercício subjetivo de auto-representação e empoderamento.

Cena do filme Kbela, de Yasmin Thayná
Kbela, de Yasmin Thayná

Selecionados para a Mostra Decibéis de Videoclipes:

Artista: Haicu

Direção: Júlia Shimura e Pedrinhu Junqueira (RJ), 2016, 5’25, livre

Haiga é o nome que se dá à imagem que ilustra um haicu (haicai), normalmente uma pintura. Tradicionalmente, podia ser elaborada pelo próprio poeta. No clipe, o duo Haicu pinta um haiga contemporâneo sobre amor e fluidez.

Artista: Rieg

Direção: Rieg Rodig & Mônica Ramalho (PB), 2015, 4’20, livre

Rapaz reencontra seu falecido pai através de uma coleção oculta de estranhas fitas VHS que foram trancados no porão mofado da casa.

Artista: Pazes

Direção: Camila Lima (DF), 2016, 3’28, livre

Esquerda e direita. Fogo e água. Noite e dia. Bruto e leve. Masculino e feminino. Partir de um sujeito dividido em busca de um sujeito inteiro.

Cena do videoclipe da música "Left & Right", dirigido por Camila Lima
Left & Right, dirigido por Camila Lima

Confira a programação completa no site: http://www.curtabrasilia.com.br/

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s