FESTIVAL INTERNACIONAL DE CURTAS DE SÃO PAULO E CINEMA DE MULHERES

Começa nesta quarta-feira, 23 de agosto, o 28º Festival Internacional de Curtas Metragens de São Paulo. A programação segue até o dia 3 de setembro. Foram 658 inscritos para todas as categorias nacionais. Para o “Programas Brasileiros – Mostra Brasil”,  foram 45 selecionados, sendo que 19 contam com mulheres na direção. Entre as atividades paralelas do festival, destacamos aqui o debate “Quesito cor” (MIS, domingo, … Continue reading FESTIVAL INTERNACIONAL DE CURTAS DE SÃO PAULO E CINEMA DE MULHERES

#52FILMSBYWOMEN: ACOMPANHE OS FILMES ASSISTIDOS PELO COLETIVO ARTE ABERTA

Em outubro de 2015, a associação Women in Film (WIF)/Los Angeles lançou a campanha #52FilmsByWomen, que partia da seguinte premissa: “você assistiria a um filme por semana dirigido por mulheres por um ano?”. Entraram oficialmente neste compromisso, até agora, mais de 11 mil pessoas, além de tantas outras pessoas e entidades que usam a hashtag para promover o cinema de diretoras mulheres. O coletivo Arte … Continue reading #52FILMSBYWOMEN: ACOMPANHE OS FILMES ASSISTIDOS PELO COLETIVO ARTE ABERTA

Festival Varilux de Cinema Francês, de 7 a 21 de Junho

AS DIRETORAS NO FESTIVAL DE CINEMA FRANCÊS

O Festival Varilux de Cinema Francês traz, na edição de 2017, 18 longas-metragens inéditos para 55 cidades brasileiras. A programação ocorre de 7 a 21 de junho e conta com um documentário e 17 filmes de ficção. Além dos filmes inéditos, o festival exibirá o clássico Duas garotas românticas, de Agnès Varda e Jacques Demy. O musical, que foi indicado ao Oscar de melhor trilha … Continue reading AS DIRETORAS NO FESTIVAL DE CINEMA FRANCÊS

Mulher Maravilha

MULHER MARAVILHA: HEROÍNA E AMAZONA

O tão esperado filme da Mulher Maravilha, dirigido por Patty Jenkins, foi lançado no dia 1º de junho e o Arte Aberta esteve presente na pré-estreia. Durante o processo de todos os espectadores acharem suas respectivas cadeiras no escurinho, observei que muitas mulheres estavam presentes. Isso é considerável diante do senso comum que acredita que o público masculino é o único indicado para história em … Continue reading MULHER MARAVILHA: HEROÍNA E AMAZONA