Mulher Maravilha

MULHER MARAVILHA: HEROÍNA E AMAZONA

O tão esperado filme da Mulher Maravilha, dirigido por Patty Jenkins, foi lançado no dia 1º de junho e o Arte Aberta esteve presente na pré-estreia. Durante o processo de todos os espectadores acharem suas respectivas cadeiras no escurinho, observei que muitas mulheres estavam presentes. Isso é considerável diante do senso comum que acredita que o público masculino é o único indicado para história em … Continue reading MULHER MARAVILHA: HEROÍNA E AMAZONA

Imagem do filme "Clandestinas"

FICÇÃO E REALIDADE? O ABORTO NA COMÉDIA ROMÂNTICA E NO DOCUMENTÁRIO

É interessante questionar até que ponto aquele comentário da “ficção imitando a realidade” é válido. Principalmente quando se tem o debate filosófico do que é a realidade e também de que, nem sempre, o documentário pode ser equivalente a um recorte de realidade. Mas bem, o propósito do texto não é questionar a relação entre ficção e realidade e sim envolver esses dois planos, que … Continue reading FICÇÃO E REALIDADE? O ABORTO NA COMÉDIA ROMÂNTICA E NO DOCUMENTÁRIO

A CONSTRUÇÃO DA NARRATIVA DA PERSONAGEM LARA CROFT NA FRANQUIA DO GAME TOMB RAIDER

A personagem Lara Croft do game Tomb Raider é recheada de pontos de discussão – desde sua objetificação e sexualização até a sua contribuição como uma das principais personagens femininas de uma franquia de jogo de sucesso. Assim, quero discutir aqui a criação de uma narrativa para a personagem Lara Croft após 17 anos de jogos da franquia, apontando a importância que isso teve para … Continue reading A CONSTRUÇÃO DA NARRATIVA DA PERSONAGEM LARA CROFT NA FRANQUIA DO GAME TOMB RAIDER

O CORPO É MEU: UM RELATO DE EXPERIÊNCIA AO ASSISTIR AO FILME PARA ALÉM DOS SEIOS

O filme Para além dos seios, dirigido por Adriano Big, teve pré-estreia em Brasília no domingo, dia 4 de dezembro. A capa do filme já nos chama para questionar a imediata ligação entre os seios e a sexualização. Um pequeno relato do diretor antes de sessão indica que o filme foi realizado de forma independente. A sessão começa, luzes se apagam e já se tem … Continue reading O CORPO É MEU: UM RELATO DE EXPERIÊNCIA AO ASSISTIR AO FILME PARA ALÉM DOS SEIOS