A PRINCESA GISA E A REPRESENTAÇÃO DA MENINA NEGRA NO AUDIOVISUAL

Quantas princesas negras você conhece? Quantas protagonistas? Quantas personagens interessantes, densas e fortes? Esse questionamento sobre a falta de representatividade de mulheres negras na mídia é o ponto de partida do curta-metragem Fábula de vó Ita, de Joyce Prado e Thallita Oshiro. O filme, direcionado ao público infantil (mas que também encanta e gera reflexões nos adultos), conta a história de Gisa, uma menina negra … Continue reading A PRINCESA GISA E A REPRESENTAÇÃO DA MENINA NEGRA NO AUDIOVISUAL

GORDA SIM! MARAVILHOSA TAMBÉM!

“Você é menina, você tem que ser magra, você tem que ter cintura, você tem que ter peito, você tem que ter bunda. Por que você não é igual à Barbie com que você brinca?” “Parece que o gordo não pode expor o corpo. Porque é feio, porque não é agradável aos olhos. Parece que dizem ‘por favor se cubra’! E eu não sou obrigada”. … Continue reading GORDA SIM! MARAVILHOSA TAMBÉM!

A CONSTRUÇÃO DA NARRATIVA DA PERSONAGEM LARA CROFT NA FRANQUIA DO GAME TOMB RAIDER

A personagem Lara Croft do game Tomb Raider é recheada de pontos de discussão – desde sua objetificação e sexualização até a sua contribuição como uma das principais personagens femininas de uma franquia de jogo de sucesso. Assim, quero discutir aqui a criação de uma narrativa para a personagem Lara Croft após 17 anos de jogos da franquia, apontando a importância que isso teve para … Continue reading A CONSTRUÇÃO DA NARRATIVA DA PERSONAGEM LARA CROFT NA FRANQUIA DO GAME TOMB RAIDER

MULHERES INSPIRADORAS THINK OLGA: AUDIOVISUAL

O Think Olga é um projeto feminista de desenvolvimento e difusão de conteúdos criado em 2013 pela jornalista Juliana de Faria e tem como missão “empoderar mulheres por meio da informação e retratar as ações delas em locais onde a voz dominante não acredita existir nenhuma mulher”. Assim, a informação é usada como força empoderadora e a partir dela acredita-se que se dê as ferramentas necessárias … Continue reading MULHERES INSPIRADORAS THINK OLGA: AUDIOVISUAL

CINEMA DE MULHERES EM 2015 NO BRASIL

De acordo com relatório do Observatório Brasileiro do Cinema e do Audiovisual – OCA, 446 longas-metragens foram lançados em salas de cinema, no período de 01 de janeiro de 2015 a 06 de janeiro de 2016, sendo 133 nacionais. Dentre esses, apenas 27 apresentam mulheres na direção, ou seja, 20,3% dos filmes nacionais. Loucas para casar, de Júlia Rezende, teve a 10ª maior bilheteria da … Continue reading CINEMA DE MULHERES EM 2015 NO BRASIL

DEBATE NO FESTIVAL CURTA BRASÍLIA: “CINEMA EM GÊNERO, NÚMERO E GRAU”

No último sábado, dia 17 de dezembro, a 5ª edição do Curta Brasília – Festival Internacional de Curta-Metragem promoveu, no salão do Cine Brasília, o debate “Cinema em gênero, número e grau”. Com Ana Arruda na mediação, a roda de conversa contou com Maeve Jinkings, Anna Muylaert, Vera Egito e Yasmin Thayná. As falas foram conectadas e complementares, avançando a narrativa numa cadência de desvelamento do … Continue reading DEBATE NO FESTIVAL CURTA BRASÍLIA: “CINEMA EM GÊNERO, NÚMERO E GRAU”

AFROFLIX: PLATAFORMA PARA VISIBILIDADE

A busca por reconhecimento e visibilidade dos profissionais negros no audiovisual vem resultando na criação de novos espaços para divulgação de seus trabalhos, como a brasileira Afroflix e a internacional Afrostream. A Afroflix é uma plataforma parecida com a Netflix, com a diferença de que exibe apenas obras que tenham pelo menos um profissional negro ocupando cargos técnicos ou artísticos. Até agora todas as produções … Continue reading AFROFLIX: PLATAFORMA PARA VISIBILIDADE

Cartaz do filme "O começo da vida"

CINEMA DE MULHERES NA NETFLIX

A Netflix vem surpreendendo o público positivamente com a disponibilização de um catálogo de filmes e séries cada vez mais variados e que apontam para uma lacuna histórica de diversidade e de representatividade no audiovisual. Isso ocorre especialmente com as produções originais da empresa, que inclusive lançou recentemente a primeira série brasileira – 3%. Infelizmente, essa tendência de diversidade da plataforma ainda não alcançou o … Continue reading CINEMA DE MULHERES NA NETFLIX

Cena do filme "Pele de Pássaro", de Clara Peltier.

CURTA BRASÍLIA E O CINEMA DE MULHERES

Nesta quinta-feira, dia 15, começa a 5ª edição do Curta Brasília – Festival Internacional de Curta-Metragem. O festival, que acontece no Cine Brasília, segue até o dia 18, sempre com entrada gratuita.   O Festival promove o cinema de mulheres, com a realização do debate “Cinema em gênero, número e grau”, que acontece no próximo sábado, dia 17, às 10h30. Participam da discussão, que tem … Continue reading CURTA BRASÍLIA E O CINEMA DE MULHERES

16 DIAS E 16 FILMES PELO FIM DA VIOLÊNCIA CONTRA AS MULHERES

Em 25 de novembro de 1981 ocorreu o 1º Encontro Feminista da América Latina e Caribe. Em homenagem ao evento, a data foi estabelecida como Dia Internacional da Não Violência Contra as Mulheres e, desde 1991, marca o início da campanha “16 dias de ativismo pelo fim da violência contra as mulheres”. O período, que vai até 10 de dezembro (Dia Internacional dos Direitos Humanos), … Continue reading 16 DIAS E 16 FILMES PELO FIM DA VIOLÊNCIA CONTRA AS MULHERES